• top_banner_novidades
  • slider-endereços
  • top_banner-granel
  • top_banner-defensivos
  • top_banner-trator
  • top_banner-utilmicro

Potash e Agrium criam gigante de fertilizantes avaliada em US$ 36 bi

As empresas canadenses Agrium e Potash anunciaram uma fusão, ainda sujeita à análise de reguladores americanos, avaliada em US$ 36 bilhões, criando uma gigante de fertilizantes. 

As empresas combinadas, segundo afirmam, seria maior companhia de fertilizantes do mundo, já que a Potash é a maior companhia mundial de nutrientes para lavoura por capacidade, e a Agrium a maior varejista agrícola da América do Norte.

No mês passado as empresas anunciaram que estavam negociando uma fusão. Segundo o analista Greg Colman, a união das empresas criará um grupo dominante na América do Norte que controlará quase dois terços da capacidade de potássio, 30% da produção de fosfato e 29% da capacidade de nitrogenados.

As produtoras de fertilizantes têm sofrido com a queda nos lucro pela baixa dos preços de fertilizantes devido ao excesso de produção e demanda fraca. Os preços de lavouras também foram afetados, com o milho e o trigo em seus menores patamares em sete e dez anos, respectivamente, dando aos agricultores menos incentivo para aumentar a produção de fertilizantes.

De acordo com comunicado das empresas divulgado nesta segunda (12), os acionistas da Potash vão receber 0,4 ação ordinária da companhia resultante da fusão para cada papel que possuem. Já os acionistas da Agrium vão receber 2,230 ações ordinárias para cada papel que tiverem.

A receita combinada da nova empresa será de US$ 20,6 bilhões e lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de US$ 4,7 bilhões de sinergias, disseram Agrium e Potash Corp.

Os acionistas da Potash terão cerca de 52% da nova companhia, enquanto os da Agrium ficarão com o restante após o fim das negociações, o que deve ocorrer em meados de 2017.

As empresas esperam economia anual de US$ 500 milhões com sinergias principalmente a partir de integração em distribuição e vendas, produção e otimização de outros itens.

O presidente-executivo da Agrium, Chuck Magro, vai comandar a nova companhia, que terá sede em Saskatoon, com escritórios canadenses em Calgary e Saskatoon.

Acionistas da Agrium e Potash Corp apoiam fusão de empresas de fertilizantes

Os acionistas da Agrium e da Potash Corp of Saskatchewan aprovaram de forma esmagadora uma fusão envolvendo ações das produtoras de fertilizantes na quinta-feira, deixando agora o negócio para avaliação de reguladores nos Estados Unidos e Canadá.

Mais de 99 por cento dos investidores da Potash e 98 por cento dos acionistas da Agrium votaram a favor do acordo, segundo as empresas. Os produtores de fertilizantes estão lutando com a queda dos preços e dos lucros, em meio a cotações mais baixas de produtos agrícolas.

Em setembro, as empresas concordaram em se fundir em uma nova companhia, na qual investidores da Potash ficariam com 52 por cento.

Na América do Norte, a empresa resultante da fusão teria dois terços da capacidade de produção de potássio e quase um terço da capacidade de fosfato e nitrogênio.

A fusão deverá ser concluída em meados de 2017, caso receba aprovação dos órgãos reguladores.

Fonte: Exame.abril.com.br


» Compartilhe:

» Veja também:

Destaque

UtilFertil Sementes


Previsão do Tempo Fale Conosco Trabalhe Conosco


Util N - Nitrognio de alta performance